Assassinato de adolescente jogado de carro em SC tem novos desdobramentos

Outros dois suspeitos de participação no assassinato de um adolescente de 14 anos, no município de São Domingos, no Oeste de Santa Catarina, foram localizados na tarde desta segunda-feira (29). O crime ocorreu no dia 25 de novembro no bairro Santo Antônio quando o adolescente foi morto a tiros.

Assassinato ocorreu na tarde desta quinta-feira (25). – Foto: Keli Camiloti/Rádio Clube FM/ND

Assassinato ocorreu na tarde desta quinta-feira (25). – Foto: Keli Camiloti/Rádio Clube FM/ND

Segundo informações da PC (Polícia Civil), mais um jovem de 25 anos foi preso e um adolescente de 16 anos e apreendido no município de Nova Bassano, no Rio Grande do Sul. Com isso, quatro suspeitos já foram detidos.

A investigação revelou que a vítima foi levada de carro até o local do crime e jogada para fora do automóvel, depois atingida por diversos tiros até morrer. O número de disparos ainda não foi informado pela perícia. A motivação do crime segue em investigação.

Poucas horas após o assassinato a PC prendeu em flagrante um homem de 21 anos e apreendeu outro adolescente de 14 anos. Com eles foi localizado um revólver calibre .38 SPL e munições, que, de acordo com um dos suspeitos, teria sido uma das armas utilizadas no crime.

Novos suspeitos

A investigação identificou que outras duas pessoas eram suspeitas de participação no assassinato. A Polícia Civil representou, na madrugada seguinte ao crime, pela prisão preventiva do maior e decretou a medida socioeducativa de internação do adolescente. As decisões foram deferidas pelo Poder Judiciário.

Adolescente foi jogado para fora do carro e alvejado por diversos tiros. – Foto: Keli Camiloti/Rádio Clube FM/ND

A prisão e apreensão dos suspeitos ocorreu em uma ação conjunta entre a PCSC (Polícia Civil de Santa Catarina), por meio da DIC-Fron (Divisão de Investigação Criminal de Fronteira de São Lourenço do Oeste, o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de São Miguel do Oeste, a Brigada Militar do Rio Grande do Sul e a PRF (Polícia Rodoviária Federal).

As investigações prosseguem a cargo da DPCo-Fron de São Domingos.

Com informações ND+

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui