Autor de tentativa de feminicídio deverá ser levado à Júri em Concórdia

Maico Cavallieri, autor de tentativa de feminicídio contra Ingra Ohana Vargas, deverá ser julgado pelo Júri Popular. A decisão, que ainda cabe recurso, foi proferida nesta segunda-feira, dia 27, pelo juiz de direito, Ildo Fabris Júnior.

O crime aconteceu no dia quatro de fevereiro na frente de um estabelecimento, na rua do Comércio. Ela foi atingida por 23 golpes de faca. O responsável pelos golpes se apresentou dois dias depois na Delegacia de Proteção à Mulher, Criança, Adolescente e Idoso, Dpcami.

Em sua pronúncia, o magistrado se manifestou “em se tratando de crime contra a vida, basta a existência de uma versão imputando ao acusado a autoria do fato para que o processo seja levado à julgamento pelo Tribunal do Júri”

Em sua sentença, o juiz Ildo Fabris Júnior recomendou a permanência do réu na prisão.

Rádio Aliança

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui