Brasil goleia em amistoso contra a Coreia do Sul

Enfim, a sequência de resultados negativos acabou para a Seleção Brasileira. Assim, Tite pode respirar tranquilo e começar a planejar a Copa América de 2020 e as Eliminatórias para a Copa de 2022. Nesta terça-feira (19), em Abu Dhabi, o Brasil venceu a Coreia do Sul pelo placar de 3 a 0. Lucas Paquetá, Philippe Coutinho e Danilo marcaram para a Seleção, que estava há cinco partidas sem vencer — três empates e duas derrotas.

Para tentar retomar o rumo das vitórias, o treinador fez cinco mudanças em relação ao time que havia perdido para a Argentina na última sexta-feira. Marquinhos, Renan Lodi, Fabinho, Richarlisson e Phelippe Coutinho entraram nos lugar de Thiago Silva, Alex Sandro, Casemiro, Roberto Firmino e Willian, respectivamente.

A Seleção Brasileira começou nervosa, sofrendo com a pressão alta dos coreanos e com os lançamentos errados. Quando botou a bola no chão, conseguiu não só chegar à área da Coreia, mas também abrir o placar. Aos oito minutos, Renan Lodi e Philippe Coutinho combinaram bem pelo lado do campo e o lateral-esquerdo cruzou na cabeça de Lucas Paquetá, que teve apenas o trabalho de escorar para dentro do gol. O 1 a 0 tranquilizou os brasileiros, que passaram a ter o comando da partida. A partir disso, as oportunidades apareceram para os dois lados. Aos 14, Son, atleta do Tottenham e melhor jogador da Coreia, passou por dois e chutou de fora da área, mas Alisson fez uma boa defesa. Depois, aos 20, o jogador coreano até venceu o goleiro brasileiro, mas chutou para fora.

Aos 35, o gol que deu ainda mais tranquilidade a Tite e aos jogadores. Fabinho sofreu falta na linha da área, Coutinho bateu e venceu a barreira e o goleiro coreano para marcar 2 a 0 para a Seleção. Aos 41, um susto para o Brasil. Em cobrança de falta, Alisson bateu roupa e Coutinho precisou afastar antes que os coreanos empurassem para dentro do gol.

O segundo tempo começou sem alterações. A primeira oportunidade foi da Coreia do Sul.  Antes do primeiro minuto, Son recebeu cruzamento e bateu de primeira, mas a bola passou longe do gol defendido por Alisson. Aos nove, Coutinho cobrou falta para dentro da área e Marquinhos subiu mais que todo mundo, mas cabeceou por cima do gol coreano. O Brasil seguiu atacando, um minuto depois, Danilo fez jogada pelo lado direito e tocou para Paquetá, o camisa 10 girou e bateu, mas a bola desviou na zaga e foi para escanteio.

O terceiro gol saiu após boa jogada de Renan Lodi, um dos melhores em campo. Após cruzamento pela esquerda, a bola passou por toda a área e encontrou Danilo que, de primeira, chutou para fazer 3 a 0 aos 15 minutos do segundo tempo.

O Brasil seguiu atacando para abrir ainda mais vantagem. Aos 25, Gabriel Jesus balançou na frente dos zagueiros e chutou de perna esquerda, mas a bola foi para fora. Aos 27, a resposta da Coreia. Lucas Paquetá vacilou na frente da área, Kim arrematou forte e Alisson rebateu para fora da área. Aos 29, Son tentou novamente. De fora da área, o camisa 7 coreano bateu e o goleiro do Brasil defendeu mais uma vez.

Com o placar já encaminhado, Tite começou a fazer testes na equipe brasileira. Aos 34, Douglas Luiz, jogador do Aston Villa, entrou na vaga de Arthur. E o atleta do time inglês quis mostrar serviço. Aos 36, fez boa jogada pelo lado esquerdo, tocou para Renan Lodi, que cruzou para Coutinho, que quase marcou o quarto gol brasileiro. 

 AMISTOSO – 19/11/2019 –  BRASIL  3X0 COREIA DO SUL

Brasil: Alisson, Danilo, Marquinhos, Militão e Renan Lodi (Emerson, 41’/2º); Fabinho, Arthur (Douglas Luiz, 34’/2º) e Paquetá (Roberto Firmino, 38’/2º); Gabriel Jesus (Rodrygo, 41’/2º), Richarlisson e Coutinho

Técnico: Tite

Coreia do Sul: Jo Hyeon-woo; Kim Moon-hwan, Kim Young-Gwon, Kim Min-jae e Kim Jin-Su; Jung Woo-young, Ju Se-jong (Hwang In-Beom, 43’/2º), Son e Lee Jae Sung (Chang-Hoon Kwon, 31’/2º); Hwang Hee-chan (Sang-Ho Na , 20’/2º) e Hwang Ui-jo

Técnico: Paulo Bento

GOLS: Lucas Paquetá, aos nove, Philippe Coutinho, aos 35 do primeiro tempo, e Danilo, aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS: Hwang Hee-Chan (C)

ARBITRAGEM: Ammar Al Junaibi, auxiliado por Ahmed Al Rashidi e Jassem Abdalla Al Ali (Trio dos Emirados Árabes). O quarto árbitro Hamed Ali Yousef.

Público: Não informado

Renda: Não informado

Local: Estádio Mohammed Bin Zayed, Abu Dhabi

Gaúcha/ZH

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui