Chapecó mantém apenas atividades essenciais funcionando

A prefeitura de Chapecó divulgou um novo decreto para fechamento de serviços não essenciais. Chapecó também terá um toque de recolher, a partir das 21h, de todos os dias. As novas determinações passam a valer a partir da zero hora desta terça-feira (23) até o domingo (28). Só deverão permanecer abertos serviços essenciais como postos de combustíveis, supermercados e farmácias. O transporte público deverá operar com capacidade reduzida. Restaurantes poderão atender delivery. Bares, igrejas e clubes seguem fechados. Eventos continuam proibidos.

Situação em Chapecó

No município já foram registradas 202 mortes em decorrência ao coronavírus. Desde o início da pandemia, Chapecó já registrou 21.808 casos confirmados, destas 17.963 pacientes são considerados recuperados. Ainda há 1.033 casos suspeitos que aguardam resultados dos exames. 

Desde o início da pandemia, 70.313 pacientes foram testados, destes 47.798 tiveram diagnóstico negativo para a doença. São 3.643 pacientes ativos com a doença. Ainda de acordo com o boletim, são 196 pacientes internados em hospitais do município. 

Dos internados, 89 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destes 64 estão no Hospital Regional do Oeste (HRO) e 25 na Unimed. Em enfermaria são 95 pacientes internados, 36 no HRO e 59 na Unimed. Já em outro setores são 12 pacientes, 11 estão no HRO e um na Unimed.

Belos ClicRDC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui