Chapecó registra quinta morte por dengue em 2024

O novo boletim epidemiológico da Prefeitura de Chapecó sobre a dengue, emitido na manhã desta segunda-feira (13), mostra que a situação da doença no município voltou a piorar, com um alto índice de infecção.

Em comparação à segunda-feira, 6 de maio, a média diária de novos casos da doença subiu de 70 para 120. O total de novos registros em sete dias cresceu de 491 para 838, um aumento de 70,7% nas notificações.

Conforme a Prefeitura de Chapecó, o município identificou 1.002 focos do mosquito Aedes aegypti, vetor da doença, sendo que 37 deles foram descobertos durante a última semana. Foram descartados 5.703 casos da doença, e 4.832 exames deram positivo para dengue.

No momento do boletim, 1.989 pessoas estavam esperando o resultado do teste, 842 a mais do que na semana anterior. Esta é a maior fila de espera desde o início da pandemia.

No total, 12.524 exames foram realizados durante este ano. Foi confirmada a quinta morte por causa da dengue em Chapecó. Trata-se de uma mulher de 34 anos, que faleceu no dia 27 de abril. Os demais óbitos ocorreram em pessoas com pelo menos 79 anos, e a média é de uma morte para cada 966 casos. (DI Regional)

Leia também:

Briga termina com dois feridos em Seara

- Publicidade -
spot_img

Mais lidas

×