Concórdia confirma 51° óbito por coronavírus. Idosa de 100 anos se recupera

O início de 2021 segue com registros frequentes de mortes por conta do coronavírus em Concórdia. A vigilância epidemiológica confirmou à reportagem da emissora nesta quarta-feira, dia 13, mais um óbito. Trata-se de um idoso de 65 anos que estava internado no Hospital São Francisco.

De acordo com as informações levantadas pela emissora, a vítima falta era moradora do bairro Santa Cruz e tinha comorbidades, como a maioria das outras vítimas. Ele tinha hipertensão e estava internado na unidade hospitalar desde o dia 9 de dezembro com teste positivado para covid-19. A morte ocorreu ainda na terça-feira, dia 12.

Com isso, Concórdia tem agora sete mortes causadas por complicações do coronavírus somente em 2021, quase uma morte a cada dois dias. No total, desde o início da pandemia, são 51 óbitos no município. No Alto Uruguai Catarinense, serão 77 mortes. Este caso deverá ser contabilizado hoje em boletim da prefeitura.

COMEMORAÇÃO

Uma idosa de Concórdia é mais uma das quase 650 altas hospitalares registradas no Hospital São Francisco na ala do coronavírus. Mas ela também é mais do que um número. Dona Leonora tem 100 anos e venceu a covid-19 em meio a uma pandemia sem precedentes. Os profissionais de saúde comemoram a vitória.

Leonora deu entrada no Hospital no fim do ano passado  e ficou internada na unidade por pelo menos 14 dias. Conforme a médica infectologista e uma das responsáveis pela ala da Covid, a paciente de 100 anos também passou pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em um momento mais delicado do quadro, mas superou.

Agora, livre da doença e dos sintomas mais graves, dona Eleonora deixa o hospital e volta para o aconchego da família como uma mostra de que é possível vencer a doença. A equipe da unidade de saúde comemorou essa alta em especial, já que idosos normalmente são as principais vítimas da Covid-19.

Rural

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui