Deputado quer que Celesc indenize os consumidores afetados

O ciclone bomba que atingiu praticamente todas as cidades de Santa Catarina, em 30 de junho, além dos estragos deixou mais de 1, 5 milhão de imóveis sem luz. Consumidores, principalmente da área rural, foram obrigados a contratar geradores para suprir a falta de luz, já que a energia demorou dias para ser restabelecida, já outros tiveram que desprezar a produz. 

Dessa forma, o deputado Neodi Saretta, encaminhou um pedido ao presidente da Celesc, para que seja criado um programa para ressarcir os consumidores que tenham sido prejudicados pela falta de energia, em eventuais prejuízos causados em suas propriedades em razão do ciclone. Saretta explica que é dever da Celesc auxiliar os consumidores nos casos em que a energia elétrica, serviço essencial da empresa, tenha sua distribuição afetada. 

Milhares de pessoas foram prejudicadas pela falta de energia elétrica

“A agricultura foi uma das áreas mais prejudicada pelo ciclone. Muitos alugaram geradores, pois as propriedades são automatizadas, precisando de energia elétrica para alimentar aves, suínos e realizar a ordenha das vacas. ”, disse Saretta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui