Equipes do CBMSC estão em duas frentes de trabalho no RS

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) segue atuando em apoio do Rio Grande do Sul e hoje conta com a presença de 42 bombeiros militares e 05 cães de busca no estado vizinho. Além disso, 14 viaturas, 12 embarcações, 08 motores de popa, drones e equipamentos de Resgate em Inundações e Enxurradas (BRIE).

As equipes estão divididas em duas frentes:

  • Resgate de famílias e animais que estejam ilhados em Canoas. O planejamento desses resgates foi realizado após um mapeamento das áreas – com uso de drone do CBMSC e sobrevoo com aeronave da Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC);
  • Busca e resgate de vítimas que estejam em áreas deslizadas na região de Cruzeiro do Sul. Nessas ações, o CBMSC está operando com o apoio aéreo da PCSC, por conta da falta de acesso aos locais de busca.

A equipe que está em Canoas atua no resgate de pessoas, animais e em ações de ajuda humanitária. Nas áreas deslizadas, uma vítima em óbito foi encontrada em Cruzeiro do Sul, por um dos binômios do CBMSC – dupla formada por bombeiro militar e cão de busca.

Desde que as primeiras equipes foram enviadas ao Rio Grande do Sul, em 01 maio, o CBMSC já resgatou 2.988 pessoas, 519 animais e encontrou 18 vítimas em óbito. Nos dois primeiros contingentes, foram empenhados 81 bombeiros militares, 28 embarcações, 04 cães de busca, 22 viaturas, drones, caminhões e retroescavadeiras. As buscas seguem diuturnamente.

Momento do resgate de uma pessoa na cidade de Cruzeiro do Sul

Leia também:

Apresentação do projeto “Madeira Nobre” marca os 36 anos da Casa da Cultura de Seara

- Publicidade -
spot_img

Mais lidas

×