Ex-PM de Chapecó é condenado por levar drogas e celulares a penitenciária

Divulgação

Um ex-cabo da Polícia Militar, que atuava como agente penitenciário na Penitenciária Agrícola de Chapecó, foi condenado por improbidade após ser flagrado levando drogas e celulares para dentro da unidade prisional.

A decisão da 2ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Chapecó resultou na suspensão dos direitos políticos do réu por oito anos, além de uma multa civil de R$ 2 mil, corrigida monetariamente desde a data do crime.

De acordo com a denúncia, em 24 de abril de 2015, o ex-policial, em sua função de agente penitenciário, escondeu três telefones celulares, seis chips telefônicos, três carregadores e mais de um quilo de maconha em pacotes de erva-mate. Embaixo do banco do carro do ex-policial foram encontrados R$ 2 mil, cuja origem lícita não foi comprovada.

Após a prisão em flagrante, o homem foi condenado a cinco anos e três meses de reclusão por tráfico de drogas praticado em estabelecimento prisional e por se aproveitar da função pública no desempenho de missão de guarda. Ainda, o processo administrativo disciplinar instaurado culminou na exclusão do réu da reserva remunerada. Ele ocupava o cargo de cabo na Polícia Militar.

Veja mais informações no Portal Belos F7 Digital

Moradores reclamam da situação de algumas estradas rurais

Decreto que exclui vacina da covid-19 das vacinas obrigatórias é ilegal, sustenta MPSC

Com informações Clic RDC

spot_img
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais lidas

Publicidade
×