Grêmio perde e afunda na zona de rebaixamento

Filme repetido. O Grêmio entrou em campo para enfrentar o Santos na Vila Belmiro dependendo apenas de uma vitória para deixar a zona de rebaixamento, mas jogou mal e foi derrotado pelo Peixe. Depois de ser salvo por Brenno no primeiro tempo, o Tricolor levou um gol nos acréscimos de Wagner Leonardo e terminará a 25ª rodada como penúltimo colocado no Brasileirão.

Confira a classificação do Brasileirão

Mais um resultado decepcionante com atuação ruim deve aumentar ainda mais a pressão em cima do técnico Luiz Felipe Scolari. Após a derrota para o Santos na Vila, o Grêmio voltará a jogar fora de casa na próxima quarta-feira, às 20h30min, diante do Fortaleza. Suspensos pelo terceiro amarelo, Thiago Santos,  Douglas Costa e Rafinha serão desfalques.

As vitórias de Bahia e Sport no sábado fizeram o Grêmio entrar no gramado da Vila Belmiro para enfrentar o Santos como penúltimo colocado do Brasileirão. Se essa condição trazia pressão, por outro lado havia uma expectativa positiva: uma vitória simples sobre o Peixe tiraria o Tricolor da zona de rebaixamento após 126 dias.

LEIA MAIS

Em busca desse triunfo necessário, Felipão mudou novamente o sistema tático gremista. Rodrigues voltou ao time para formar com Ruan e Kannemann um trio de zagueiros. Luiz Felipe Scolari, assim, espalhou seu esquema com o de Fábio Carille, que vinha montando o Peixe com três zagueiros nas últimas rodadas.

Quando a bola rolou o que se viu foi um Grêmio exatamente preocupado em encaixar a marcação homem a homem nos jogadores ofensivos do time paulista. A movimentação dos santistas, no entanto, causou problemas para o Tricolor, que cedeu espaços nos primeiros minutos. Aos 2, Brenno já teve que trabalhar quando Vinicius Zanocelo recebeu livre na entrada da área e acertou um belo chute.

Na sequência, o time gaúcho contou com a sorte. Marinho invadiu a área pela esquerda, passou por Rodrigues e Brenno fez a defesa no primeiro momento. Marcos Guilherme apanhou o rebote e só não marcou porque Vanderson apareceu para desviar.

Depois de passar por dificuldades, o Grêmio conseguiu chegar ao ataque aos 12. E foi com uma grande chance. Vanderson deu um lindo passe de três dedos às costas da defesa alvinegra e encontrou Alisson. O camisa 23 avançou livre, mas chutou em cima do goleiro João Paulo. Vanderson ainda teve sua oportunidade em seguida, quando tentou um chute cruzado que passou à direita do gol.

Como foram os lances de Santos x Grêmio

Essa melhora do Grêmio durou pouco o logo o Santos voltou a ameaçar. Aí Brenno brilhou. O goleiro fez outras três defesas, uma delas foi tão linda quanto um golaço. Aos 37, ele voou no ângulo para de mão troca evitar o gol de falta de Carlos Sánchez. 

Além de ter segurado o 0 a 0 apenas pela atuação do seu goleiro, o mau primeiro tempo do Grêmio rendeu amarelos para os pendurados Thiago Santos e Douglas Costa, que serão desfalques contra o Fortaleza.

Depois de sofrer na primeira etapa, o Grêmio até voltou melhor do intervalo. Com Douglas Costa livre para se posicionar pelo campo, o Tricolor passou a levar vantagem e ocupar mais o campo do Santos. Isso durou pouco, porém. Carille recorreu ao banco para fazer trocar e conseguiu retomar o controle da partida. Aos 10, os ex-gremistas Diego Tardelli e Madson entraram nas vagas de Marcos Guilherme e Vinicius Balieiro. Cinco minutos depois, Felipe Jonathan entrou por  Vinicius Zanocelo.

As alterações fizeram bem ao Santos, que voltou a ameaçar o gol gremista. Carlos Sánchez teve duas chances e desperdiçou ambas. Felipão então resolveu mexer em dose dupla e também abriu mão do sistema com três zagueiros. Diego Churín e Ferreira entraram por Diego Souza e Rodrigues. Pouco depois, Jean Pyerre e Mateus Sarará entraram por Douglas Costa e Lucas Silva. Na sequência, Rafinha fez falta em Marinho e levou amarelo se tornando mais um desfalque para o duelo com o Fortaleza.

Apesar das trocas de Felipão, o Grêmio pouco conseguiu levar perigo. A única chance de gol veio em jogada individual de Ferreira, que parou em defesa de João Paulo. Churín, uma tentativa de ganhar mais duelos no ataque, acabou sendo protagonista na defesa, quando apareceu na pequena área para cortar uma bola que já havia passado por Brenno. 

O Grêmio até não sofreu tanto defensivamente no segundo tempo, mas a falta de ímpeto ofensivo custou caro. Já nos acréscimos, Wagner Leonardo desviou um chute na área gremista e venceu Brenno para dar a vitória ao Santos e deixar o Tricolor no penúltimo lugar na tabela do Brasileirão.

2FICHA TÉCNICA

Brasileirão (25ª rodada) – 10/10/2021

SANTOS
João Paulo; Vinicius Balieiro (Madson, 10’/2ºT), Velázquez e Wagner Leonardo; Marcos Guilherme (Diego Tardelli, 10’/2ºT), Camacho (Jobson, 35’/2ºT), Vinicius Zanocelo (Felipe Jonathan, 15’/2ºT), Sánchez e Lucas Braga; Marinho e Léo Baptistão (Gabriel Pirani, 35’/2ºT). Técnico: Fábio Carille.

GRÊMIO
Brenno; Ruan, Kannemann e Rodrigues (Ferreira, 19’2/ºT); Vanderson, Thiago Santos, Lucas Silva (Mateus Sarará, 25’/2ºT) e Rafinha; Alisson, Douglas Costa (Jean Pyerre, 25’/2ºT) e Diego Souza (Diego Churín, 19’2/ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOL: Wagner Leonardo (S), aos 46min do 2º tempo.

CARTÕES AMARELOS: Léo Baptistão, Carlos Sánchez, Tardelli, Felipe Jonathan (S);  Rodrigues, Thiago Santos, Douglas Costa, Kannemann (G)

CARTÃO VERMELHO: Rafinha (G).

ARBITRAGEM:  Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Thiago Rosa de Oliveira. VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (quarteto fluminense).Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos. 

1Próximo jogo

Quarta-feira, 13/10 – 20h30min
Fortaleza x Grêmio
Castelão (Brasileirão – 26ª rodada)

Gaúcha/ZH

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui