HSR apura episódio que envolveu a morte de paciente de 61 anos

A direção do Hospital São de Seara deve se pronunciar nas próximas horas sobre o episódio que envolve a morte de Venancio Carbonera, 61 anos, ocorrida na semana passada. Conforme antecipado pela reportagem da Belos FM no dia da morte de Carbonera, houve diversos questionamentos em relação ao caso, como a demora na transferência do paciente e a não utilização do transporte aéreo para o deslocamento, de cerca de quatro horas, até Curitibanos, feito de ambulância. Em nota, o hospital informou que a demora na transferência foi provocada pela falta de leitos disponíveis e que o transporte de ambulância aconteceu com todos os cuidados e condições exigidas.

Ainda no fim de semana a Belos FM teve acesso a um laudo feito pelo Samu de Joaçaba, responsável pela transferência, mostrando que o oxigênio utilizado no paciente internado no Hospital São Roque estava desligado. Procurada, a direção informou que estava apurando o caso. A Secretaria da Saúde de Seara também foi procurada pela reportagem e informou que estava buscando mais informações sobre o caso.

Familiares e amigos da vítima que mantiveram contato com a Belos FM acreditam em negligência do Hospital São Roque no atendimento ao paciente.

Belos FM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui