Inter fará testes de coronavírus na volta aos treinos

Inter ainda não tem data para retomar os treinamentos — Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Aos poucos, o Inter já começa a traçar as primeiras diretrizes para a reapresentação do elenco, ainda sem data marcada. A diretoria aguarda o protocolo da CBF com orientações gerais de prevenção ao coronavírus para todos os clubes, mas uma coisa é certa: jogadores, comissão técnica e funcionários serão submetidos a testes para a Covid-19.

O Inter analisa as opções disponíveis no mercado para a compra dos kits que serão usados no dia a dia para testar o elenco e as demais pessoas que têm contato diário com os atletas. Mas o investimento só virá após as definições da CBF sobre o tipo de teste mais indicado e padronizado.

O clube pretende, assim, evitar despesas com testes que não apresentem os índices e resultados estipulados pela entidade para o diagnóstico. O mesmo pensamento vale para não “concorrer” com hospitais que atuam no combate ao coronavírus na compra dos kits.

Retorno gradual

Os médicos do clube mantêm linha direta com a CBF para discutir e definir também as demais medidas que serão seguidas na retomada das atividades após as férias antecipadas. Além dos testes, o protocolo orientará sobre as rotinas e procedimentos de precaução ao contágio.

O martelo não está batido. Mas a tendência é de que os treinos sejam retomados com o elenco dividido em pequenos grupos para treinos ao ar livre e sem contato físico. O acesso ao vestiário e áreas internas como academia devem ser restringidos.

– Nos próximos dias, deve ter uma formalização. A ideia é seguir os protocolos, para que nenhum dos clubes tenha diferença. Vai ser padronizado, com o tipo de teste, qual a ideia de treino é o mais seguro, se é em grupo, separado, se usa ou não vestiário – afirma o vice de futebol Alessandro Barcellos ao GloboEsporte.com.

O mesmo vale para os dias de jogos. O ambiente das partidas deve ter número de reservas reduzido no banco. Bem como integrantes da comissão técnica, dirigentes e até profissionais da imprensa. Uma reunião com a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) também debateu este tema na última quarta-feira.

O Inter deu 20 dias de férias coletivas a elenco, comissão técnica e demais funcionários em 1º de abril. Depois, o período foi prorrogado por mais 10 dias, conforme o acordo geral entre os clubes. Até o momento, nenhum atleta colorado relatou ter sentido sintomas da Covid-19.

A diretoria colorada ainda negocia com o elenco as reduções que serão feitas nos vencimentos e já tomou uma série de medidas para conter a crise financeira por conta da pandemia do coronavírus. Não há data prevista para a reapresentação do elenco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui