Inter vence e sobe na tabela do Brasileirão

Foram 15 dias de espera, o mais longo hiato na temporada – e de um time no Brasileirão. Mas, pelo resultado, valeu a pena aos torcedores: na abertura do returno, 20ª rodada, o Inter venceu o Sport por 1 a 0 na Ilha do Retiro, gol de Patrick, e subiu para a nona posição da competição. Com 26 pontos, está três atrás do Corinthians, o primeiro do grupo que se classificaria para a Libertadores de 2022. Isso com um  jogo a menos, contra o Bragantino, marcado para o final de outubro.

Aguirre apresentou um Inter sem os dois volantes mais presos. Com Dourado suspenso, optou por trazer Edenilson para uma função mais central, ao lado de Lindoso, e escalando Caio Vidal na extrema direita. Mauricio foi mesmo o escolhido para substituir o lesionado Taison, e Moisés foi mantido na lateral esquerda.

LEIA MAIS

A estratégia se mostrou adequada nos minutos iniciais. Marcando mais à frente, o time começou apertando a marcação no Sport. E aos três, abriu o placar. Lindoso recuperou a bola na intermediária, após uma tentativa de passe de letra de André, e passou a Caio Vidal. O ponteiro esticou para Yuri Alberto, que entrava em diagonal pela direita. O centroavante bateu cruzado para o segundo pau, onde Patrick estava sozinho, quase sem goleiro, e apenas empurrou para a rede: 1 a 0. 

O gol fez o Sport tentar atacar mais e até concluiu duas vezes, ambas ao lado da trave, sem muito susto. E essa necessidade de buscar o empate era o que o Inter precisava para ficar confortável na partida. O time pernambucano tentava avançar e perdia a bola, proporcionando os contragolpes que os colorados queriam. Aos 15, Mauricio aproveitou um erro da defesa e bateu, mas Mailson pegou firme.GUERRINHA

5GUERRINHA

Só o resultado foi bom para o Inter contra o Sport

CLIQUE AQUI PARA LER A COLUNA COMPLETA

Os dois times voltaram do vestiário com modificações. No Inter, Caio Vidal foi embora, entrou Guerrero. No Sport, a troca foi mais complexa: o zagueiro Sabino saiu para o ingresso do atacante Paulinho Moccelin, abandonando o sistema com três zagueiros e linha de cinco na defesa.

Um dos reflexos na troca colorada foi que Yuri Alberto iniciou o segundo tempo deslocado para o lado direito, ocupando a vaga de Caio Vidal. Mauricio permaneceu como meia ofensivo, e Guerrero, centroavante.PEDRO ERNESTO

4PEDRO ERNESTO

Jogo do Inter valeu pela vitória

CLIQUE AQUI E LEIA A COLUNA COMPLETA

A segunda etapa começou em ritmo parecido com o do final da primeira. O Inter parecia não saber se partiria para cima em busca do gol que mataria o jogo ou se ficaria postado esperando o Sport. Os donos da casa concluíram duas vezes nos dez minutos iniciais, ambas com Mikael, ambas para fora.

O Sport voltou a levar perigo quando Sander pegou um rebote na entrada da área e bateu cruzado, do lado esquerdo, mas ninguém apareceu para completar. A pressão do Sport fez Aguirre mexer no time: saiu Mauricio, entrou Johnny.LELÊ

3LELÊ

Mesmo com a vitória, Inter tem muita coisa para rever

Com essa mudança, o Inter voltou ao modelo anterior, tendo uma dupla de volantes, abrindo Edenilson para o lado direito. Yuri foi deslocado para, aí sim, formar o ataque com Guerrero. Na primeira participação na nova função, Yuri até fez um gol, mas estava impedido.

O tão esperado contra-ataque veio aos 27. Patrick esticou a bola para Yuri Alberto, que arrancou pela esquerda e serviu Guerrero, sozinho. Seu chute foi fraco, na mão do goleiro. Pouco depois, o Sport quase empatou. Mikael subiu no meio da defesa e aparou um cruzamento da esquerda, Daniel fez grande defesa. Na sequência, como o jogo ficou lá e cá, Patrick teve vantagem na área e bateu cruzado, Mailson defendeu em dois tempos.

O Inter havia crescido, graças também ao desespero do Sport. Yuri Alberto quase marcou ao chutar cruzado, mas a bola foi para fora. Os pernambucanos responderam e os gaúchos contaram com a sorte para não levar. Um cruzamento da direita encontrou Tréllez, que bateu de primeira, a bola desviou em Bruno Méndez e explodiu na trave.

Logo depois, Aguirre tirou Yuri Alberto e colocou Heitor. O lateral-direito de origem foi adiantado para a linha de meio-campo, levando Edenilson para a faixa central.

O time soube se segurar, controlou o Sport e garantiu mais três pontos, fundamentais para mostrar o que pretende a equipe, se lutar pela Libertadores ou brigar contra o Z-4.

2Brasileirão – 20ª rodada – 13/9/2021

SPORT (0)
Mailson; Hayner, Sabino (Paulinho Moccelin, int.), Rafael Thyere, Chico, Sander;  José Welison (Tréllez, 33’/2ºT), Marcão; Everton Felipe (Everaldo, 25’/2ºT), Mikael , André (Thiago Neves, 15’/2ºT)
Técnico: Gustavo Florentín

INTER (1)
Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Cuesta, Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Caio Vidal, Guerrero, int.), Maurício (Johnny, 18’/2ºT), Patrick; Yuri Alberto (Heitor, 38’/2ºT)
Técnico: Diego Aguirre

  • Gol: Patrick (I) aos 3 minutos do primeiro tempo
  • Cartões amarelos: Sander, Gustavo Florentín, Hayner, André (S); Yuri Alberto (I)
  • Local: Ilha do Retiro, Recife
  • Arbitragem: Andre Luiz de Freitas Castro (GO), auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Rafael Trombeta (PR). VAR: Marcio Henrique de Gois (SP).

1Próximo jogo

Brasileirão –  21ª rodada – 19/9/2021, 11h

Inter x Fortaleza

Gaúcha/ZH

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui