MP vai investigar redução de leitos no HSF

O Ministério Público de Concórdia, através da 3ª Promotoria de Justiça, iniciou o procedimento de busca de informações sobre a situação envolvendo diminuição de leitos de UTI pelo Hospital São Francisco. Conforme informações repassadas, a Promotoria está buscando informações para apurar se a instituição pode ter incorrido em uma irregularidade ao diminuir o número de leitos de UTI, que são destinados para pacientes acometidos pela doença.

Conforme já informado, o assunto ganhou destaque nos últimos dias em função de um ofício enviado pelo Consórcio CIS-Amauc pedindo a manutenção dos 20 leitos credenciados para coronavírus. O Hospital São Francisco teria solicitado a desabilitação de leitos para covid em função do crescimento no número de pacientes com outras comorbidades e que demandam de atendimento intensivo. O hospital, por sua vez, não se manifesta sobre o assunto. Procurado, o Promotor Marcos de Martino, titular da 3ª Promotoria, irá se pronunciar após receber essas informações.

A decisão de reduzir leitos mesmo sem a autorização do Estado está sendo duramente criticada por gestores e autoridades da área da saúde. O Governo do Estado também cobra explicações do Hospital São Francisco.

Aliança/Belos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui