Mulher morre ao entrar com drogas no estômago em Penitenciária de Chapecó

Uma mulher de 22 anos morreu por suspeita de ter ingerido drogas antes de entrar na Penitenciária Industrial de Chapecó. A vítima, que não teve o nome divulgado, passou mal no sábado (18) e faleceu nesta terça-feira (23), após ficar quatro dias internada no hospital.

De acordo com a Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), a vítima apresentou sintomas de mal-estar, com fortes dores abdominais, durante o horário de visita aos internos. Ao ser questionada pela equipe de atendimento, ela alegou que ingeriu substâncias ilícitas.

A mulher recebeu os primeiros socorros da equipe de saúde do estabelecimento penal e, depois, foi encaminhada ao Hospital Regional do Oeste pelo Samu. No entanto, ela não resistiu e morreu nesta terça-feira (23). Ainda de acordo com a SAP, ela estava registrada na modalidade “amiga”, inserida recentemente no Sistema de Identificação e Administração Penal por meio de uma determinação de uma ação civil pública, que estendeu a tipificação para todos os presos.

A pasta informou, ainda, que todas as medidas legais e administrativas foram tomadas durante a ocorrência. De acordo com o delegado Éder Matte, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, um inquérito foi aberto para apurar um possível crime de tráfico de drogas. Já em relação à morte, a equipe aguarda o resultado dos laudos periciais para decidir as medidas que serão tomadas. (NSC Total/chapeco.org)

Leia também:

Jogos de Verão de Concórdia: etapa Trail Running será no domingo, 28

spot_img
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais lidas

Publicidade
×