Rodovias estaduais: buraqueira e desinformação

Problemas graves na SC-283, entre a cidade de Concórdia e a BR-153

A Agenda Estratégia de Transporte e Logística de SC foi apresentada na tarde desta segunda-feira (9) na sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis. A partir de investimentos previstos no orçamento da União para o ano que vem, o quadro é preocupante e desolador.

Na avaliação da Fiesc, com a falta de recursos e investimentos públicos em rodovias federais e estaduais,  a situação é delicada.

No Alto Uruguai e Oeste, uma das bandeiras é revitalização da SC-283, rodovia que faz a ligação de Concórdia a Itapiranga. O governador Carlos Moisés da Silva, o homem que tem a caneta na mão, mostrou preocupante desinformação ao falar do assunto na sexta-feira (6) quando esteve em Concórdia. Mal informado, ele disse em discurso e reafirmou em entrevista que sequer existe o projeto para obra.

Enquanto o governador erra na informação, a Secretaria de Infraestrutura tratou, pelo menos, de tapar os maiores buracos no trecho Chapecó-Seara-Concórdia.

O quadro de calamidade vai além da SC-283. Neste momento, as maiores reclamações por aqui envolvem as condições precárias da SC-390, entre Concórdia e o Trecho da Embrapa Suínos e Aves, na BR-153. Nos últimos dias, muitos veículos tiveram os pneus estourados na buraqueira do trecho.

Um dos pontos mais perigosos está localizado na região da ponte do Rio Suruvi. Para ajudar, os moradores sinalizaram com galhos. A rodovia em outros problemas também em sua continuidade, na ligação com Alto Bela Vista, Peritiba, Ipira e Piratuba.

PROJETO DA 283

Por iniciativa do prefeito de Seara, Kiko Canale, do vereador Betinho Gonçalves e do deputado Altair Silva, o projeto de revitalização da SC-283 está sendo divulgado em arquivo digital. E o deputado Altair Silva disse na sexta-feira em Seara que o projeto será entregue ao governador em audiência no próximo dia 18.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui