Tecnoeste teve 32 mil visitantes; Confira as avaliações

A Comissão Central do Tecnoeste informou que 9,5 mil pessoas estiveram no parque no IFC nesta quinta-feira (20), último dia da programação. Com isso, o público total chegou a 32 mil visitantes. O Show Tecnológico Rural foi organizado pela Copérdia e Instituto Federal. “Temosa convicção de que o evento superou todas as expectativas traçadas”, assinala o coordenador-geral do evento e presidente da Copérdia,  Vanduir Martini. 

Confira aqui a avaliação dos coordendores das comissões setoriais. 

Coordenador da Comissão de Suinocultura, Arlan Lorenzetti:
“O Tecnoeste 2020 se caracteriza pelas inovações. E, neste aspecto, observa-se claramente, que todas as ações introduzidas no evento deste ano tiveram respaldo do público. Tivemos a oportunidade de mostrar às pessoas como funciona (na prática) a cadeia produtiva suinícola, disseminamos novas tecnologias e tivemos a relevante presença de mais de 30 empresas parcerias, que fizeram a demonstração de seus produtos, interagindo com os produtores. O Seminário da Suinocultura também foi um sucesso”.

Coordenador da Comissão de Bovinocultura de LeiteFlávio Durante:
“Foi mais uma excelente oportunidade para divulgarmos aos produtores as vantagens do Programa Concórdia Leite Mais que, cada vez mais, tem colaborado para a melhoria da produtividade, da genética e da qualidade do leite. Destacamos ainda o sistema de confinamento dos animais e o MGA – Melhoramento Genético Aurora”

Coordenador da Comissão de Agricultura, Paulo Rogério Pereira da Silva:
“ O setor de agricultura compartilhou com o público diversas novidades e soluções que visam melhorar os resultados nas propriedades rurais. O Show Tecnológico Rural do Oeste Catarinense foi mais um espaço importante para a divulgação das Sementes Copérdia”.

Coordenador Comissão de Reflorestamento, Marcelo Rodio:
 “O Tecnoeste é um espaço fértil para interagirmos com os produtores, mas também é uma grande oportunidade para fechamento e prospecção de negócios”, observa Rodio.  

 Horto Medicinal, coordenado por  Nesia do Amaral e Rosani Michelon, recebeu um grande número de visitantes no Tecnoeste.   No espaço Horto Medicinal os visitantes tiveram acesso a uma variedade de plantas, que possuem propriedades terapêuticas e que podem contribuir para a melhoria da qualidade  de vida das pessoas.

Coordenador setor de Piscicultura, Anastácio Matos: “A proposta foi trabalhar com toda a cadeia produtiva, incluindo a indústria de rações, beneficiamento de pescado e a comercialização. Uma das finalidades foi transmitir conhecimento ao público que esteve presente, principalmente aos produtores que vieram de todo o estado”. 

Coordenador da Comissão Bovinocultura de Corte, Haroldo Vendrusculo: 
“Estamos muito satisfeitos com o crescimento da nossa atividade. Entendemos que o Tecnoeste é mais uma forma de divulgarmos as potencialidades desse setor. Aqui grandes empresas compartilham suas tecnologias nos mais diversos setores. Esse, em particular, é um ano fundamental para consolidação do nosso trabalho”.

Coordenador da Comissão Avicultura, Levino Bassi: “Os nossos dois temas principais foram Biosseguridade e o Recolhimento dos Animais Mortos nas propriedades. Temos uma Excelente avaliação do Tecnoeste, principalmente pela parceria com o IFC. Esses alunos serão multiplicadores desses conhecimentos que foram transmitidos”.

Coordenador  de Ovinocultura, Dirceu Rigo:
 “O Tecnoeste representa uma verdadeira vitrine para divulgarmos a Ovinocultura. Recebemos muitos visitantes em nosso estande e tivemos a oportunidade de repassar uma gama de informações sobre a atividade”.

Coordenador Meio Ambiente, Samara Romani:
“A conjugação de forças entre todas as entidades é fundamental para mostrar que a região está tenta à preservação dos recursos naturais. O Tecnoeste é um momento propício para enfatizarmos que é preciso cuidar dos nossos recursos naturais, preservando nossos rios, separando o lixo adequadamente, reciclando e praticando atitudes sustentáveis no nosso dia a dia”.  

Coordenador da Comissão de Exposição de Máquinas e Equipamentos, Antonio Marcos Ceconello:
“Tivemos várias empresas  do ramo de máquinas e equipamentos presentes, com tecnologias altamente avançadas e diversificadas. Os expositores estão muito satisfeitos”.

Coordenador da Comissão de Agregação de Valor do Tecnoeste, Rosane Dilda Dalmago:
 “Foi bem movimentado. Muitas pessoas passaram pelo nosso estande, observando e comprando os produtos. São agricultores de vários municípios, que apresentaram seus diferenciais.  Eles produzem a matéria prima, transformam e comercializam”.

Com a colaboração do jornalista Paulo Gonçalves e foto Leandro Schneider 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui