Vacina contra a gripe entra na terceira etapa

Santa Catarina iniciou nesta quarta-feira, 9, Dia Mundial de Imunização, a terceira e última etapa da Campanha de Vacinação contra a Gripe. Além dos grupos que já começaram a vacinação, também podem ser imunizadas as pessoas portadoras de doenças crônicas, pessoas com deficiência permanente, profissionais das forças de segurança e salvamento e forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

“Com o início da vacinação de mais grupos prioritários, esperamos conseguir aumentar a cobertura vacinal do estado que ainda está bem abaixo do esperado, o que nos preocupa bastante principalmente agora que estamos perto do inverno, estação com maior incidência de doenças respiratórias”, ressalta João Augusto Brancher Fuck, diretor da Dive.

Faltando um mês para o fim da campanha, apenas 33,7% da população-alvo total de Santa Catarina, que é de 2.757.175 pessoas, procurou uma unidade de saúde para tomar a vacina contra a doença. A meta é vacinar até o dia 9 de julho, ao menos, 90% do público-alvo.

Os demais grupos que podem ser vacinados são as crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas, os povos indígenas, os trabalhadores da saúde, os idosos com 60 anos e mais e os professores das escolas públicas e privadas.

“Mesmo com o início de novos grupos prioritários, as pessoas dos grupos anteriores ainda podem se vacinar. A campanha finaliza na mesma data para todos os grupos e é extremamente importante que quem ainda não se vacinou procure uma unidade de saúde e se proteja”, explica Arieli Schiessl Fialho, gerente de imunização da Dive.

Vacina imuniza contra três subtipos do vírus Influenza

A vacina contra a gripe protege contra três subtipos do vírus: influenza A (H1N1); influenza A (H3N2) e influenza B e tem como objetivo reduzir os sintomas da doença, evitando assim a evolução para casos graves e possíveis óbitos. E, em meio à pandemia do coronavírus, a vacinação tem papel importante para evitar ainda mais hospitalizações.

Com relação à aplicação das doses, é importante lembrar que as pessoas que foram vacinadas contra a Covid-19 devem respeitar um intervalo mínimo de 14 dias para tomar a dose contra a Gripe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui