Vítima de tentativa de feminicídio recebe alta do hospital

Marli Terezinha Pritsch, 47 anos, que foi atingida por disparos de arma de fogo na manhã da quinta-feira, 15, no bairro Monte Castelo, em Seara, deixou ontem o Hospital São Francisco de Concórdia.

Ela teve alta na noite da quarta-feira, 21, após quase uma semana internada, alguns dias inclusive na UTI.

Ainda no dia 17, o outro ferido a tiros, Abrelino Machado, 50 anos, também recebeu alta.

O crime

No dia dos fatos, no bairro Monte Castelo em Seara, Maximino Alves dos Santos, 52 anos, teria atirado na companheira, Marli Terezinha Pritsch, e em Abrelino Machado. Na sequência, o autor dos disparos cometeu suicídio. A Polícia Civil de Seara instaurou inquérito para apurar os fatos e trata o caso como um crime passional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui