Homem detido por danos, desacato e ameaça em Itá

A Polícia Militar de Itá registrou crime de ameaça no contexto de violência doméstica, desobediência, resistência, desacato e dano na noite desta quarta-feira, 22 de junho. O fato aconteceu na cidade de Itá. A guarnição foi acionada via Copom para averiguar um jovem que estaria quebrando as coisas no interior de sua casa, onde também residem mãe, irmão e avó. A Guarnição de Seara teve que se deslocar para apoio. Chegando ao local, foi encontrada a mãe do jovem. Ela relatou que seu filho estava descontrolado e estaria danificando os móveis de sua casa. Além disso, estaria ameaçando ela e outros membros da família. A mulher relatou que temia por sua vida, pois seu filho, dentre outras ocorrências, tem passagem pelo crime de homicídio.

Na porta da casa foi encontrado o autor, totalmente alterado e não obedecendo as ordens emanadas pelas autoridades e não cooperando. Ele atirou objetos do interior da casa para o lado de fora, não deixando que a guarnição chegasse próximo para dialogar. Foi necessário que os policiais entrassem na casa para tentar contê-lo, porém o jovem continuou não obedecendo as ordens, sendo necessário o uso progressivo da força. Ele foi jogado no chão e imobilizado. Conforme a polícia, foi realizada revista, pois o mesmo sempre colocava as mãos no bolso, fazendo menção que estaria com algo na cintura.

Para realizar a contenção do suspeito foi necessário o uso de algemas nas mãos e pés. Mesmo após a imobilização, o autor continuou transtornado e resistindo para ser levado até a Delegacia, desferindo socos e tentando derrubar os policiais. Segundo a PM, o autor feriu-se na região da cabeça, pois, ao ser algemado no chão, cortou-se com objetos que ele havia quebrado anteriormente dentro da residência. Ao realizar a condução para a viatura, proferiu xingamentos contra a guarnição.

De acordo com o relato da mãe, o autor ficou violento após ela negar entregar a ele a quantia de R$ 2 mil para comprar drogas. O autor foi conduzido para a cidade de Concórdia e apresentado à autoridade competente.