Identificados mortos em acidente na BR-282 em Pinhalzinho

Entre os quatro mortos está uma criança de 11 anos

Foram identificadas três das quatro vítimas em óbito no acidente ocorrido na manhã desta segunda-feira (9) na BR-282 em Pinhalzinho. Elas ocupavam um Golf com placas de Itá-SC e moravam em Concórdia.

No Golf estavam cinco pessoas, entre elas, um adolescente de 16 anos que foi socorrido com vida, porém, em estado gravíssimo, e uma criança de onze anos, que faleceu no local. Uma passageira, que também faleceu, ainda não foi identificada

Segundo o Portal Oeste Mais, entre os mortos estão o motorista Fedenel Polycarpe, de 30 anos, Viergenie Dorcely, de 43 anos, Widjinie Saint Louis, de 11 anos, e uma mulher ainda não identificada. O sobrevivente é William Son Saint Louis, de 16 anos.

O acidente foi por volta das 7h desta segunda-feira (9) na comunidade de Linha Navegantes. A ocorrência mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros de Pinhalzinho, Saudades, Modelo e o SAMU de Maravilha. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) controlou o trânsito e registrou um Boletim de Ocorrência.

O veículo saiu de pista e se chocou contra uma árvore em uma região de mata. Uma das hipóteses é que o motorista tenha perdido o controle do veículo após uma tentativa de ultrapassagem em local proibido.

MORADORES DE CONCÓRDIA

Segundo informação do portal Atual FM,  os hatianos envolvidos no acidente moravam no do bairro Catarina Fontana e Rua Marcelino Ramos, em Concórdia.

Os cinco ocupantes do carro se dirigiam a Dionísio Cerqueira, divisa com a Argentina, para providenciar documentação na Polícia Federal. As mulheres adultas que morreram na tragédia estavam no Brasil há três anos. As crianças, inclusive a menina de apenas 11 anos que também não resistiu aos ferimentos, chegaram ao Brasil havia 30 dias.

Segundo colegas, o condutor do carro que também foi a óbito, estaria dando carona para a família que iria até a Polícia Federal. Outra informação confirmada pelos amigos é de que o motorista havia adquirido o VW/Golf no final do segundo semestre desse ano. Ele trabalhava em uma casa de câmbio em Concórdia. 

Ainda pelas informações da Atual FM, as crianças e marido de uma das mulheres que faleceu no acidente não está no Brasil. Ele teria viajado para visitar familiares no Haiti há 30 dias. A esposa dele e a filha estariam entre as mortas na tragédia. Já o menino de 16 anos foi socorrido com vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui