MP deve investigar razões de governo que ignora ciência, afirma Dodge

A ex-procuradora-geral da República Raquel Dodge afirmou que o MP (Ministério Público) deve abrir investigação quando um governante ignora dados da ciência e atua de maneira contrária às orientações técnicas.

“Eu acho que é obrigação de todo governante público adotar a ciência para fundamentar a sua atuação Esse é um dado que não pode ser nunca desprezado”, declarou durante participação no UOL Entrevista na manhã de hoje.

A afirmação veio quando questionada sobre a atuação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) diante da pandemia do coronavírus. Bolsonaro é publicamente contrário ao isolamento social e apoiador do uso da cloroquina para tratamento de pacientes infectados, apesar de o medicamento não ser recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

De acordo com a ex-PGR, a investigação deve apontar qual o efeito direto e indireto da atuação dos governantes e se há pessoas que morreram por causa de determinado comportamento.

“Se vidas humanas são perdidas, se mortes poderiam ser evitadas, deve haver identificação do responsável”, disse. “O Ministério Público, diante de um fato é que é anunciado como causador de mortes evitáveis, tem a obrigação de investigar e de levar ao conhecimento do Judiciário o que se passou e requerendo, eventualmente, a condição de vida”.


Participaram desta cobertura Afonso Ferreira, Fábio Regula, Flávio Costa, Stella Borges e Talyta Vespa (redação) e Diego Henrique de Carvalho (produção).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui