Mulher que proferiu atos racistas em Concórdia é colocada em liberdade

0
239

Nesta quinta-feira, dia 30, a Justiça proferiu decisão em audiência de custódia liberando a mulher acusada de racismo e resistência durante um incidente ocorrido em um mercado de Concórdia.

No episódio, registrado na quarta-feira, um grupo de amigos foi alvo de racismo na área de alimentação do estabelecimento. Diante da embriaguez evidente da mulher e de seus transtornos prévios no local, um dos envolvidos decidiu acionar a segurança do mercado.

Contudo, a situação ficou tensa quando a mulher proferiu insultos racistas contra o envolvido e contra policiais, além de ameaças de morte.

A detenção da mulher, que é professora, visava preservar a ordem e segurança no local, sendo ela encaminhada à Delegacia Central de Polícia para as devidas providências legais em relação aos crimes de racismo e ameaça.

Atual