Ocupação de leitos do HSF de Concórdia preocupa região

Flávio Zolet é o secretário da Saúde de Seara e coordenador da Comissão de Intergestores do Alto Uruguai Catarinense.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Hospital São Francisco de Concórdia preocupa os municípios da região da Amauc. Dos 16 leitos de Covid disponíveis, 15 estão sendo utilizados por pacientes com a doença. Nove deles são moradores da região e outros 6 são de outras cidades do Estado. A situação é delicada, pois a taxa de ocupação dos leitos pode levar a Amauc a entrar na zona vermelha do mapa de risco do Estado, ou seja, em situação gravíssima por causa da pandemia.

O secretário da Saúde de Seara e coordenador da Comissão de Intergestores do Alto Uruguai Catarinense Flávio Zolet, mostra preocupação com a situação e principalmente pela chegada de pacientes de outras regiões ao Hospital São Francisco de Concórdia que é o polo regional para atendimento da doença. Ouça:

Segundo o secretário, os municípios da Amauc já estão se mobilizando para cobrar do Estado quais medidas serão tomadas para resolver a questão. “Ontem os prefeitos se reuniram, vão fazer um documento e vão reivindicar quais medidas vão ser tomadas para que o Estado leve em consideração essa questão da região estar controlada, para que a gente não seja daqui a pouco punido por algo que é do Estado”.

Enquanto o município monitora a situação, o setor da Saúde também está adotando medidas para melhorar a estrutura e o atendimento aos pacientes. Flávio Zolet comenta que dois novos médicos devem ser contratados para trabalhar em Seara. “Nós realizamos na semana passada o edital de chamamento de emergência onde os profissionais são avaliados pelo currículo, como não se pode fazer seletivo e aglomerar pessoas. Então nós temos o resultado já, vai ser homologado e provavelmente nós vamos chamar dois profissionais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui