Vítimas de tentativa de homicídio em Seara se recuperam no Hospital São Francisco

Foram internados na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital São Francisco de Concórdia, desde a tarde da quinta-feira, 15, o homem de 50 anos, e a mulher, identificada como Marli Terezinha Pritsch, que foram vítimas de uma tentativa de homicídio em Seara. O hospital não repassou, à reportagem da Belos F7,  mais detalhes sobre o estado de saúde. O homem de 50 anos já foi para quarto normal, mas a mulher segue na UTI. 

Os dois foram feridos por disparos da arma de fogo pouco antes das 07 da manhã da quinta-feira, 15, no bairro Monte Castelo, em Seara. O homem de 50 anos atendido pelo Samu e a mulher pelo corpo de Bombeiros.

O autor, companheiro da ferida, cometeu o suicídio. 

Os dois foram feridos por disparos da arma de fogo pouco antes das 07 da manhã da quinta-feira, 15, no bairro Monte Castelo, em Seara. O homem de 50 anos atendido pelo Samu e a mulher pelo corpo de Bombeiros.

O crime

Segundo relatos de testemunhas, o ex companheiro de um dos envolvidos, invadiu a casa do homem de 50 anos, entrou em luta corporal com o homem e realizou três disparos contra uma das vítimas. Posteriormente, o autor foi até o quarto onde a mulher, com quem ele teve um relacionamento, encontrava-se e realizou mais dois disparos fugindo na sequencia.

A PM fez buscas pelo autor e minutos depois localizou o corpo em um matagal, próximo à casa onde ocorreu o crime. Maximino Alves dos Santos, de 52 anos apresentava duas perfurações por arma de fogo, sendo uma no queixo e outra no peito.

As causas do crime ainda estão sendo investigadas, mas conforme relatos trata-se de crime passional.

A Polícia Civil de Seara, Instituto Médico Legal e Instituto Geral de Perícias também foram acionados.

A arma utilizada no crime, um revólver calibre .38 e cartuchos deflagrados foram recolhidas pela PM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui